Diego Rubin

Fullstack Developer

Entre em contato

Tempo de Mudanças

Ereader icon

Estou para escrever este post já vão fazer duas semanas. Cheguei a abandonar a ideia de faze-lo, porém uma frase que li esta semana me fez prosseguir com a meta original. E como escrevi na descrição do blog quando o criei, e que pode ser visto ali na barra lateral do site, minha intenção é escrever sobre conhecimentos adquiridos, tanto os técnicos como os não técnicos.

<!--more-->Bom, no dia 20 de maio sai da empresa onde fiquei durante um ano e quatro meses. Motivos para meu pedido de demissão? Acho que os principais são minhas crenças, apesar de lembrar-me delas por meio de promessas não realizadas e pouco reconhecimento. Frases que ajudaram na concepção de minha ideologia voltaram-me à cabeça: "Não quero ser mais um número..." por Fruto Sagrado, "Várias vezes vão tentar comprar suas palavras, mas se vender já era, nunca terá mais nada" por Ao Cubo.

Desde que encontrei o ramo profissional que queria seguir, coloquei uma meta para mim mesmo, jamais ser um profissional medíocre, quero ser o melhor que eu puder ser na minha área. Aceitando ser limitado por falta de tempo, falta de dinheiro ou falta de conhecimento mas nunca ser limitado por preguiça ou falta de vontade, muito menos ser limitado por acomodação.

Tenho um objetivo pessoal que estou trabalhando para alcançar, porém estou feliz com meu atual emprego, que fica somente a 5 minutos de minha casa (antes eram duas horas de ônibus) e estou aprendendo tecnologias que nunca pensei em aprender e que estão surpreendendo-me bastante.

E qual foi a frase que me motivou a escrever este post? Primeiro algo sobre o autor da frase, Eric S. Raymond. Ele é autor de um dos textos que melhor descreveram o processo de desenvolvimento do Software Livre, texto intitulado A Catedral e o Bazar. Também é o criador da Lei de Linus:

Havendo olhos suficientes, todos os erros são óbvios

A frase que me referi no começo do post pode ser encontrado em um texto em que ESR fala da cultura hacker e como tornar-se um. A frase "Atitude não substitui competência" que está no item 5 da sessão "Atitude Hacker". Esse item como um todo chamou-me muito a atenção por ser muito diferente dos ideais que queriam passar-me no meu antigo emprego e que me levou a pedir demissão. ESR além de escritor, ele participou, como desenvolvedor, de vários projetos grandes, como a linguagem Python e o próprio Linux.

Apesar de dizerem-me o contrario, acredito que tenha tomado a atitude certa, mas somente daqui há alguns anos terei base suficiente para afirma isso, porém uma coisa já posso dizer, a vida é boa.

Por enquanto estou dedicando-me ao meu novo emprego, aos trabalhos da Unesp(lugar onde estou tentando conseguir um diploma), meu TCC e um projeto que espero muito que de certo. Sendo esses são os principais motivos deste blog estar meio parado.

Peço desculpas pelo post que não acrescenta muito, porém quero registrar esta decisão para futuras análises.

Novo Comentário

Comentários

Falou tudo Rubin, concordo plenamente !

Pensamento crítico é a base da não mediocridade.

Só para constar, nada mudou.